Apoio ao cliente - 707 234 234
Brisa Ou Tufão - Mafalda Saloio

Notas

Para adquirir bilhetes de mobilidade condicionada por favor contacte as bilheteiras do Centro Cultural de Belém, telefone 21 361 2627 (diariamente das 13H às 20H ou através do email bilheteiraccb@ccb.pt )

Descrição

BRISA OU TUFÃO
MAFALDA SALOIO
 
Um Projeto Satélite Circolando
Criação e interpretação Mafalda Saloio / Apoio à criação André Braga, Cláudia Figueiredo, Suzana Branco / Sonoplastia, desenho e operação de luz Pedro Fonseca/Coletivo, AC / Cenário Mafalda Saloio e Nuno Brandão / Produção Mafalda Saloio, Ana Carvalhosa, Cláudia Santos / Colaboradores no projeto António Saloio, Elena Sanz Aizpurua, Fátima Saloio, Esmeralda Saloio, Rui Simões, Alberto Carvalhal, Pedro Santiago Cal / Apoio Inês Mariana Moitas, Manuel Barosa Lda., A Marques Lda.
Co-produção Centro Cultural e Congressos Caldas da Rainha e Circolando
A Circolando é uma estrutura subsidiada por Governo de Portugal – Secretário de Estado da Cultura / Direcção Geral da Artes
Outros apoios IEFP / Cace Cultural do Porto
 
Brisa ou Tufão é um espetáculo de teatro sobre a força e a leveza do ar que nos rodeia. Sobre a importância de conviver com o invisível que sopra. De rasgar janelas e celebrar o ar!
Dependendo da sorte geográfica, emocional e humana, este ar pode fazer-nos brisa ou tufão.
Uma mulher viaja por entre terras, mede o ar e areja lugares. Para prevenir catástrofes, ensinar-nos a conviver com este invisível suave e rebelde da vida.
O que fazemos quando temos taquicardia, quando estamos cabisbaixos, quando o lufa-lufa do quotidiano nos tira o ar?
Brisa ou Tufão é um espetáculo que nos fala de como resistir celebrando a vida.
Uma “técnica de leveza e bem-estar” que traz dentro do seu kit soluções caseiras para tornar tudo mais simples.
Um espetáculo sobre a beleza das coisas simples.

Este espetáculo nasceu do projeto de teatro-dança chamado Lembranças, realizado em 2005 e dirigido pela coreógrafa Madalena Victorino, onde participaram 16 atores-criadores. Desta “lembrança” nasceu a vontade de criar Brisa ou Tufão.

Promotor

Fundação Centro Cultural Belém